Publicidade:

Cotações do milho abrem a sexta-feira levemente mais altas na B3



 

A Bolsa Brasileira (B3) começou as movimentações desta sexta-feira (20) buscando leves correções para cima nos preços futuros do milho.

Por volta das 09h21 (horário de Brasília), o vencimento setembro/21 era cotado à R$ 97,08 com elevação de 0,29%, o novembro/21 valia R$ 97,80 com alta de 0,29%, o janeiro/22 era negociado por R$ 99,01 com ganho de 0,19% e o março/22 tinha valor de R$ 98,80 com valorização de 0,30%.

Os contratos do cereal brasileiro buscam retomar o caminho de altas após fecharem os últimos três pregões consecutivos em queda.

Mercado Externo

Já os preços internacionais do milho futuro largaram o último dia da semana ainda registrando quedas na Bolsa de Chicago (CBOT) por volta das 09h04 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/21 era cotado à US$ 5,48 com queda de 1,25 pontos, o dezembro/21 valia US$ 5,48 com baixa de 2,50 pontos, o março/22 era negociado por US$ 5,55 com desvalorização de 3,00 pontos e o maio/22 tinha valor de US$ 5,60 com perda de 2,75 pontos.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, os traders estão de olho no ProFarmer Crop Tour, que disse ontem que espera uma safra de milho em Iowa de cerca de 190,8 bushels por acre (199,5 sacas por hectare), acima da previsão do ano anterior para 177,8 bushels (185,9 sacas) e da estimativa média de três anos anterior de 183 bushels por acre (191,4 sacas). 

Em Minnesota, no entanto, a excursão fixou a produção em 177,4 bushels por acre (185,5 sacas), abaixo dos 195,1 bushels (204 sacas por hectare) do ano anterior e a média de três anos de 181,4 bushels (189,7 sacas).

fonte : www.noticiasagriculas.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br