Publicidade:

Conab estima redução de 11% na produtividade do milho em Mato Grosso



 

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou uma redução de 11% na produtividade do milho mato-grossense. Segundo a autarquia, a previsão é que o rendimento médio das lavouras, este ano, seja de 5.689 quilos por hectare, enquanto que na temporada anterior foi de 6.392 quilos por hectare.

De acordo com a Conab, em Mato Grosso “ocorreu grande heterogeneidade no desempenho das lavouras, e constata-se que, à medida que os trabalhos de colheita evoluem, o efeito adverso das áreas plantadas fora da janela ideal tende a ser mais forte que o inicialmente projetado”.

Até agora, de acordo com a autarquia, os produtores colheram cerca de 90% da safra 2020/21. A previsão é que a colheita seja encerrada este mês, com atraso, já que, em julho do ano passado, os trabalhos já haviam sido finalizados em 97% da área total.

“Esse atraso é decorrência do retardamento no ciclo da soja, fator que também responde pela semeadura de parcela relevante da safra fora da janela, em detrimento da consecução de seu pleno potencial produtivo, a despeito de crescente grau de investimentos realizados para o milho”, destacou a Conab.

Segundo o último boletim da Companhia Nacional de Abastecimento, mesmo tendo plantado 5,8 milhões de hectares, 7,5% a mais que na safra anterior, Mato Grosso deve ter uma queda de 4,4% na produção. A previsão é de que o Estado colha 33 milhões de toneladas do cereal.

fonte: www.sonoticicias.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br