Publicidade:

Como substituto do milho, sorgo volta a ganhar espaço em Mato Grosso



 

Substituto mais barato do milho na alimentação animal, o sorgo voltou a ganhar espaço em Mato Grosso. A constatação é da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que apontou um crescimento de 4,7% na área plantada na safra 2020/2021, em relação à temporada anterior.

Segundo a Conab, a retomada da área de sorgo nos últimos dois anos em Mato Grosso merece destaque. “Com 48,8 mil hectares semeados, foi registrado aumento na ordem de 4,7% no último ano. Há dois anos, o espaço alocado ao sorgo se restringia há apenas 32,5 mil hectares. A elevação do preço do milho, em conjuntura de demanda firme e restrição de oferta da commodity, tem exercido influência sobre o seu substituto próximo, o sorgo, que também pode ser utilizado como insumo para alimentação animal, a um custo mais barato”.

De acordo com a Companhia de Abastecimento, a produtividade deverá ser em média de 3 mil quilos por hectare, 1,2% a mais que na safra passada, resultado de maiores investimentos em sementes e adubação para esta safra. “O rendimento da cultura somente não foi maior devido a intempéries climáticas, que afetaram as culturas de segunda safra, de modo geral, no estado”, ressaltou a Conab.

Com aumento de área plantada e melhor produtividade, a expectativa é de que a produção de Mato Grosso tenha um crescimento de 6% e atinja 146 mil toneladas, quarto maior volume no Brasil, atrás apenas de Goiás, Minas Gerais e Bahia. A previsão é de que a colheita seja encerrada nos próximos dias e, segundo a Conab, cerca de 20% da produção já está comercializada.

fonte : www.sonoticias.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br