Publicidade:

Café: Arábica recua e faz ajustes nos preços em NY; Londres mantém estabilidade



 

Após abrir o pregão com altas técnicas, o mercado futuro do café arábica passou a operar com desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado devolve parte dos ganhos das últimas sessões, mas mantém o foco nas condições das lavouras brasileiras. A incerteza quanto ao tamanho da produção de 2022 sustentou os preços no exterior nos últimos dias. 

Às 11h57 (horário de Brasília), setembro/21 tinha queda de 135 pontos, valendo 180,75 cents/lbp, dezembro/21 tinha baixa de 115 pontos, cotado a 183,70 cents/lbp, março/22 tinha baixa de 140 pontos, valendo 186,40 cents/lbp e maio/22 tinha desvalorização de 145 pontos, valendo 187,50 cents/lbp. 

Por volta das 12h02 (Horário de Brasília), o dólar registrava alta de 0,34% e era cotado pro R$ 5,22 na venda. A valorização do dólar ante ao real tende a ajudar pressionar os preços do café nas bolsas. 

Em Londres, o café tipo conilon opera próximo da estabilidade. Setembro/21 tinha queda de US$ 7 por tonelada, valendo US$ 1851, novembro/21 tinha desvalorização de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1853, janeiro/22 registrava queda de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1854 e março/22 tinha alta de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 1850.

fonte : www.noticiasagriculas.com.br

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br