Publicidade:

Dia do Agricultor: conheça startups que oferecem tecnologia para aumentar a produtividade da produção agrária



 Agricultura, o berço da humanidade



Dia do Agricultor: conheça startups que oferecem tecnologia para aumentar a produtividade da produção agrária 

Dispondo de milhões de hectares de terra fértil, o Brasil tem na produção e exportação agrícola uma das principais atividades econômicas nacionais. 

Segundo dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em 2019, a soma de bens e serviços gerados no agronegócio chegou a R﹩1,55 trilhão ou 21,4% do PIB brasileiro. Dentre os segmentos, a maior parcela é do ramo agrícola, que corresponde a 68% desse valor (R﹩1,06 trilhão), a pecuária corresponde a 32%, ou R﹩494,8 bilhões. 

Dia 28 de Junho, comemoramos no Brasil o Dia do Agricultor. Este profissional, que não só contribui significativamente com o PIB nacional, mas também com um dos maiores propósitos: a alimentação. 

Em homenagem a esta data, conheça algumas startups que usam a tecnologia para aumentar a produtividade e auxiliar a produção agrária, se esforçando para preservar o meio ambiente sem reduzir a produção alimentícia no país: 

Grão Direto 

Grão Direto é uma startup que atua no segmento de agronegócio acelerada no Ciclo 2017.1 do InovAtiva Brasil, que ficou na lista das 100 Startups to Watch deste ano. Criada em 2016, em Minas Gerais, conecta produtores rurais e compradores de grãos de forma mais eficiente, segura e moderna, por meio de uma plataforma digital. Atualmente, já são centenas de milhares de toneladas de soja, milho e sorgo, negociadas digitalmente, tanto no mercado à vista, quanto no mercado a termo (travamentos futuros) e barter (permuta). Além de fábricas de ração, cooperativas, cerealistas, corretoras, confinamentos, granjas, entre outros, a Grão Direto atende também duas das quatro maiores tradings multinacionais. 

Para ter acesso aos serviços, produtores rurais e compradores podem baixar o aplicativo em seus dispositivos móveis, ou pelo site. A partir daí, os usuários têm acesso a diversos serviços e suporte da Grão Direto. Além disso, a empresa possui soluções personalizadas para grandes empresas compradoras de grãos, de modo a apoiá-las em sua transformação digital. São serviços como: inteligência de mercado, digitalização da base de fornecedores, contratos digitais e gestão de documentos, ferramentas de precificação de grãos, insights de originação e integração com soluções de compliance social e ambiental. 

Maneje Bem 

Acelerada no ciclo 2020.1 do InovAtiva Brasil e, no mesmo ano, pelo InovAtiva de Impacto, a Maneje Bem é uma startup que criou um software para facilitar a assistência técnica agrícola e garantir aos agricultores o acesso a informações de qualidade combinado à organização do trabalho dos profissionais de campo, chamado ManejeChat. Sua tecnologia possibilita a coleta de dados e promove inteligência para tomada de decisão no campo, organizando cadeias produtivas junto às agroindústrias a fim de promover o desenvolvimento sustentável e de responsabilidade social da agricultura familiar. 

"A ferramenta foi pensada para facilitar a aproximação dos profissionais técnicos aos agricultores familiares. Nossos clientes diretos são as agroindústrias e fornecedores que procuram atender demandas de responsabilidade socioambiental para pequenas comunidades rurais impactadas pelas indústrias", explica Juliane Lemos, CEO da empresa. 

eBarn 

Acelerada no ciclo 2020.2 do InovAtiva Brasil, a eBarn desenvolveu produtos em forma de aplicativos que permitem conectar o produtor rural a fornecedores de insumos, originadores de grãos e associações do setor de forma segura e totalmente digitalizada. As soluções oferecidas contemplam uma plataforma white label para cooperativas, para comercialização online de grãos, outra para compra coletiva de combustível, serviços financeiros e CPR digital e mais uma de marketplace para comercialização de insumos agrícolas em forma de catálogo. "O propósito da eBarn é ressignificar o conceito de melhor negócio, facilitando o relacionamento e negociações do produtor rural levando mais gestão e lucratividade para todas as pontas" conta Thais Albuquerque, CEO e fundadora da startup. 

O que acha, podemos seguir com a pauta? Se tiver interesse, posso marcar entrevista com os CEOs das startups! 

Te aguardo! 

Abs, 


    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br