Empresário é denunciado por grilagem de terras, uso de laranjas em projetos de extração e desmate




 Um dos maiores empresários que tem propriedades em Cláudia, União do Sul e outros municípios que já foi forte no ramo da madeireira e hoje, após destruir as florestas da região, virou o rei das fazendas abertas para arrendamento em plantios de soja e passa ser investigado.


Através do uso de vários (CPF) de funcionários, os famosos laranjas, com intuito de arrecadar terras em nome dos indivíduos que por trás de toda essa façanha, só existe um dono. Assim como vários nomes para fazer projetos de extração de madeiras, vendas de notas frias para esquentar madeiras extraídas de forma ilegal em outras propriedades.

Revoltados com a forma que este afortunado subiu na vida, e a forma "obscura" que ele consegue aprovar seus projetos e como consegue facilmente ganhar liminares para esquentar posses de terras em nome de terceiros sem aparecer.

Moradores que tem propriedades nas regiões há mais de 20, 30 anos e peregrina por anos nos atrás dos órgãos públicos para conseguir aprovar um projeto de manejo ou desmate, denunciaram e estão levando ao conhecimento da justiça o maquiavélico das grilagens e desmates.

Estamos levantando mais informações sobre as graves denúncias e tão logo, traremos mais informações com nomes e coordenadas afim de informar e ajudar os órgãos envolvidos nas investigações.



Da redação NORTAO NORTICIAS

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br