Publicidade:

Quadrilha que invadiu mineradora é presa com armas e R$ 6,9 mil em MT



 


Nove pessoas envolvidas no roubo de uma mineradora, ocorrido na noite de sábado (28), no município de Nova Lacerda, foram presas em flagrante pelas forças de segurança da região de fronteira, realizada menos de 24 horas do crime. Na ação foram apreendidos veículos, armas de fogo e dinheiro.

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de latrocínio tentado e associação criminosa.

Participaram dos trabalhos, as equipes da Policia Civil da Delegacia de Pontes e Lacerda, Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, Gerência de Operações Especiais (GOE), Polícia Militar, Grupo Especial de Fronteira (Gefron), com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

O crime ocorreu por volta de 22h quando aproximadamente 15 homens chegaram à mineradora, a pé pela mata e renderam os seguranças.

Durante a ação, os criminosos agiram com estrema violência, efetuaram disparos de arma de arma de fogo e subtraíram uma caminhonete, além de objetos das pessoas que trabalham no local.

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Polícia Civil conseguiu identificar e prender alguns dos envolvidos nos crime.

Com os suspeitos foram localizados três veículos, um Fiat Uno, um Fiat Palio e um Hiunday Santa Fé, além da caminhonete Toyota Hilux roubada da mineradora.

Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Pontes e Lacerda e confessaram a participação no crime, autorizando posteriormente buscas em suas residências.

Foram realizadas as buscas nas casas, onde foram apreendidas armas de fogo, material para refino de ouro e R$ 6,9 mil em dinheiro, além de outros objetos de origem ilícita.

Segundo o delegado, João Paulo Berté, mesmo tentando ocultar suas identidades utilizando apetrechos como bala clavas no momento do crime, os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas por outros aspectos fiscos diversos dos rostos.

Ainda de acordo com o delegado, há cerca de 60 dias ocorreu um furto na mineradora, fato que teria sido praticado pelo mesmo grupo criminoso, demonstrando que os suspeitos tinham conhecimento do local.


Fonte: G1MT
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br