Mercado do boi gordo com baixa disponibilidade de gado terminado




Após as altas registradas nos últimos dias, o mercado acalmou no fechamento da última quinta-feira (6/2). O preço do boi gordo permaneceu estável em São Paulo. 

Com a reação nos preços, houve um leve aumento nos negócios e as escalas se alongaram, mas não muito. As programações dos frigoríficos paulistas atendem, em média, de três a quatro dias, no máximo, mas destacando que algumas indústrias têm trabalhado com certa ociosidade na linha de abate. 

As chuvas em bons volumes mantêm a boa capacidade de suporte das pastagens, assim os pecuaristas conseguem reter o gado no pasto, com custo baixo, aguardando pagamentos maiores e dificultando a vida dos compradores de gado. 

Diante desse cenário, praticamente somente aqueles produtores que precisam liquidar algum compromisso financeiro vendem a boiadas para fazer caixa. 

Análise originalmente publicada no informativo Tem Boi na Linha de 6/2/2020.

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br