Caminhonete capota após motorista tentar ultrapassagem na BR-158 próximo a Confresa



A cada duas horas um motorista é socorrido na BR – 163, em Mato Grosso, por falta de combustível, segundo a concessionária que administra o trecho, Rota do Oeste. De 1º de janeiro a 30 de novembro deste ano, a empresa registrou 3.769 ocorrências.

Nos últimos cinco anos, foram registrados 21.7 mil casos dessa natureza.

Segundo a concessionária, além de ser considerada infração de trânsito, as panes secas atrasam a viagem e colocam em risco a segurança de quem trafega pela rodovia.

O motorista que parar na rodovia por falta de combustível pode ser multado e perder quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Para evitar o atraso na viagem e o risco de levar uma multa, a concessionária recomenda que o motorista faça uma revisão no veículo, verifique as condições do motor, sinalização, pneus, paletas de para-brisa, entre outros itens de segurança. Além disso, o condutor deve verificar se o marcador de combustível está calibrado.

Caso ocorra algum imprevisto na viagem e o motorista acabe parado na BR-163, por qualquer motivo que seja, a Rota do Oeste pode ser acionada para prestar auxílio.

Se o veículo estiver em local que coloque em risco a segurança, um guincho da concessionária deve fazer a remoção até o ponto de apoio mais próximo. O atendimento é gratuito, pois é custeado pelo valor arrecadado nas tarifas de pedágio.





fonte g1
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br