Após várias altas, soja brasileira cai sem compras chinesas





Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quarta-feira (20.11) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação caindo 0,13%, para a média de R$90,62/saca. No acumulado do mês, os preços médios da soja já subiram 3,71% nos portos.



“A alta de 0,11% do dólar no Brasil não suplantou a queda de 0,78% da cotação da soja em Chicago. A isso somou-se a ausência da China no mercado da América do Sul nesta quarta-feira. Assim, os preços oferecidos pelos compradores sobre rodas nos portos do sul do Brasil ou seus equivalentes em outros estados tiveram queda”, explica a T&F Consultoria Agroeconômica. 
Já no interior o preço caiu menos: 0,19%, para R$85,51/saca, contra R$85,67do dia anterior. No acumulado do mês, os preços médios da soja apurados pelo Cepea já subiram 4,09% nas praças do interior do País.
CHINA
Ainda de acordo com a T&F, a China este ativa nesta quarta-feira: “Mas para soja norte-americana no Golfo do México, onde teria comprado pelo menos dois cargos. Nada no Brasil de origem”. Os prêmios da soja nos portos brasileiros para dezembro permaneceram inalterados, assim como também para fevereiro e março, subiram 9 cents para abril, 5 para maio, 5 para junho e 2 para julho.
Os prêmios da soja brasileira CIF portos da China caíram 2 cents para fevereiro e para março, 1 cent para abril, ficaram estáveis para maio, caíram 1 cent para junho e permaneceram estáveis para julho.





fonte agrolink

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br