Soja dispara nos EUA com estoques menores



O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na segunda-feira (30.09) alta de 23,00 pontos no contrato de Novembro/19, fechando em US$ 9,06 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 18,50 e 23,00 pontos.


Os principais contratos futuros fecharam o mês de setembro com uma disparada de preços no mercado norte-americano da soja, resultado de uma surpresa no último relatório de estoques trimestrais do USDA. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos surpreendeu ao informar 24,8 milhões de toneladas (MTs), o que ficou 7% abaixo do esperado pelo mercado.




De acordo com a Consultoria ARC Mercosul, no começo desta manhã em Chicago operadores do mercado foram informados que a China estaria isentando as tarifas na importação de 1,8 MTs de soja de origem norte-americana: “Logo após contatos da ARC nos portos do Noroeste dos Estados Unidos, nos alertaram que compradores privados chineses adicionaram novas compras da oleaginosa num total de 750 mil até 1 milhão de toneladas para entrega até agosto de 2020”.




“A novidade disparou um movimento de alta nas cotações do grão, que foram reforçados nos ganhos com a publicação do relatório de estoques trimestrais do USDA. Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA, os estoques estadunidenses de soja são estimados em 24,8 MTs, contra as expectativas do mercado em 26,67 MTs. No milho, os números foram estimados em 53,7 MTs, contra 61,9 MTs das expectativas. A ARC lembra que de agora em diante o clima para o Brasil passa a ganhar mais importância no mercado”, concluem os analistas da ARC Mercosul.


Fonte Agrolink








    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br