Promotor manda prender garota de 12 anos que atirou em invasor de sua fazenda





Um promotor de justiça do Mato Grosso pediu a prisão imediata da menina de 12 anos que atirou em um garimpeiro que tentava invadir a fazenda de seu pai. A jovem estava sozinha no sítio quando percebeu que o homem tentava invadir o local pulando uma cerca.
Continua depois da publicidade

Com medo, a jovem se apossou de uma espingarda velha e ordenou para que o homem fosse embora, mas ele a ignorou e pulou para dentro da fazenda, foi então que a garota atirou duas vezes e depois fugiu.

Promotor manda prender garota de 12 anos que atirou em invasor de sua fazenda
Painel Central10:09
Um promotor de justiça do Mato Grosso pediu a prisão imediata da menina de 12 anos que atirou em um garimpeiro que tentava invadir a fazenda de seu pai. A jovem estava sozinha no sítio quando percebeu que o homem tentava invadir o local pulando uma cerca.

Com medo, a jovem se apossou de uma espingarda velha e ordenou para que o homem fosse embora, mas ele a ignorou e pulou para dentro da fazenda, foi então que a garota atirou duas vezes e depois fugiu.


Ela foi apreendida e levada para a delegacia da cidade, onde permanecerá até que seja expedido sua transferência para a Fundação Casa.

Em depoimento, a jovem afirmou que atirou para se defender, pois o homem não tinha a intenção de apenas tomar banho no local, mas sim de tentar abusar dela.

Para o promotor, a garota agiu com excesso de legitima defesa, sem dar chances de defesa à vítima, e irá responder pelo crime de tentativa de homicídio, porte ilegal de arma e omissão de socorro, já que fugiu do local do crime sem ajudar vítima, podendo pegar até 3 anos de prisão, já que é menor de 18 anos.


O caso aconteceu na cidade de Alta Floresta - MT, em um sítio localizado na região da Pista do Cabeça, zona rural da cidade. A vítima é um homem de 27 anos, que foi atingido no braço esquerdo e também no abdômen. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional.
No hospital, o homem afirmou aos investigadores que trabalha em um garimpo que fica atrás do sítio onde aconteceu o caso, e que tentou entrar no local apenas para tomar banho, já que conhecia o pai da menina.

Ao descer para o local, a filha do proprietário alertou que não era para ninguém entrar no sítio. Porém o homem teria mesmo assim entrado na propriedade, momento que foi atingido por dois tiros efetuados por uma espingarda calibre 22.


O homem foi liberado pela polícia após e depoimento e segue internado.






fonte araguaia urgente


    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br