Preço do boi sobe em todas as praças de MT




No Mato Grosso, a liberação de sete novas unidades frigoríficas do Estado para exportação de carne bovina à China aguçou o apetite comprador das indústrias, estimulando aumentos nos preços do boi gordo em todas as praças regionais, relata nesta tarde de quarta-feira a Informa Economics FNP.
“Essa tendência de alta deve se manter no curtíssimo prazo, ainda mais porque as indústrias não contam com escalas tão longas, chegando ao máximo de dez dias e com registro de lacunas”, informa a consultoria paulista.

Na região de Cáceres, MT, atualmente, o boi gordo é negociado a R$ 144/@, a prazo (30 dias), valor livre de Funrural.

Boi gordo: Preços reagem em meio a demanda chinesa

O mercado do boi gordo opera nesta quarta-feira em alta, influenciada sobretudo pela necessidade dos frigoríficos em alongar as programações de abate, informa o analista Guilherme Guimarães, da INTL FCStone, de Campinas, SP.
“Detectamos um movimento mais dinâmico das indústrias em busca de matéria-prima (boi gordo), puxado principalmente pelo aumento de demanda da China”, relata Guimarães, referindo-se ao processo recente de habilitação de nova plantas brasileiras para exportação ao país asiático.
Ontem (10/set), o indicador Esalq/B3/Cepea fechou em R$ 158,10/@, com alta de 1,5% em relação ao dia anterior.
Segundo informa a consultoria Agrifatto, na bolsa de mercadorias B3, o contrato com entrega para outubro encerrou a R$ 161,55/@, praticamente estável na comparação com o fechamento anterior. Por sua vez, o contrato com vencimento em novembro fechou a R$ 164,15/@, maior valor desde 25 de junho.





FONTE PORTAL DBO

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br