Safra de verão da Índia cresce 2,3%




Os agricultores indianos plantaram culturas de verão em 97,5 milhões de hectares, uma queda de 2,3% no ano, mostraram dados do ministério da agricultura na sexta-feira, reduzindo substancialmente a diferença de semeadura em comparação com o ano passado das semanas anteriores. O plantio de arroz, uma das principais culturas de verão, foi de 33,5 milhões de hectares, contra 35,8 milhões de hectares no mesmo período do ano passado, informou o ministério.  

O plantio de milho foi de 7,5 milhões de hectares, quase inalterado em relação ao mesmo período do ano passado. A área plantada com algodão totalizou 12,3 milhões de hectares, acima dos 11,7 milhões de hectares do ano anterior e a semeadura da soja, principal safra de oleaginosas no verão, ficou em 11,2 milhões de hectares, contra 11,1 milhões de hectares no mesmo período de 2018. 
Os agricultores geralmente começam a plantar arroz, milho, algodão, soja, cana-de-açúcar e amendoim, entre outras culturas, a partir de 1º de junho, quando as chuvas de monção chegam à Índia.  A diferença entre os números de plantio para as semanas equivalentes de 2019 e 2018 diminuiu em relação aos 4,1% registrados na semana passada. 
O Ministério da Agricultura e do Bem-Estar dos Agricultores manterá a atualização dos números de semeadura provisória, uma vez que reúne mais informações dos governos estaduais. Os números de plantio também estão sujeitos a revisão, dependendo do progresso da temporada de monções de junho a setembro. As chuvas de monção na Índia na semana até quarta-feira ficaram acima da média pela quarta semana consecutiva, com enchentes atingindo muitos distritos nas partes do norte do país. 



FONTE AGROLINK

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br