Produção de milho na China deve cair





A produção de milho na China deve cair em 2019/2020 devido a políticas governamentais destinadas a reduzir o plantio de milho em favor da soja, bem como os danos às colheitas causadas pela disseminação da lagarta-do-cartucho. As informações foram divulgadas por um relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). 


O USDA informou que a produção de milho para 2019/2020 está prevista para cair mais de 9%, quando comparado com a sua perspectiva de junho, devido à menor área e rendimento. Além disso, o USDA projeta uma safra de 230 milhões de toneladas, que é a menor previsão de produção de milho na China desde 2012/2013. 
“Nesta primavera, as principais províncias produtoras de milho na China experimentaram condições adversas de plantio e crescimento, e estão ameaçadas iminentemente pela rápida disseminação e pelo impacto da lagarta do outono”, disse o USDA. 
A área colhida está prevista em 40 milhões de hectares, 1 milhão a menos que o USDA havia projetado em junho. A demanda por ração é menor, uma vez que as quedas da peste suína africana no setor de suínos são parcialmente compensadas pelo aumento da produção avícola. A previsão do uso de ração para 2019/2020 caiu 11% comparando com a previsão anterior do USDA de 170 milhões de toneladas, a menor estimativa de uso de ração desde 2015/2016. 
A previsão de importação de milho para 2019/2020 foi reduzida para 6 milhões de toneladas, 1 milhão de toneladas abaixo da estimativa de junho, já que a menor demanda de alimentos na China alivia a pressão do mercado para importar grãos para o sul do mesmo país. 





fonte agrolink

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br