Bolsa de Chicago abre o dia com queda para os futuros do milho







A terça-feira (09) começa com os preços internacionais do milho futuro desvalorizados na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam quedas entre 6,50 e 7,50 pontos por volta das 08h59 (horário de Brasília).
O vencimento julho/19 era cotado à US$ 4,32, o setembro/19 valia US$ 4,32 e o dezembro/19 era negociado por US$ 4,36.
Segundo análise de Tony Dreibus da Successful Farming, os futuros de safra caíram no comércio da madrugada depois que um relatório do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) mostrou altas classificações para o milho.
A safra de milho foi classificada como 57% boa ou excelente até domingo, o que representa um aumento com relação aos 56% da semana passada, disse o USDA em um relatório. Ainda está bem abaixo dos 75% do ano passado que receberam as melhores avaliações neste momento em 2018.
O relatório apontou ainda que 98% das lavouras de milho já emergiram, contra 94% da semana anterior e 100% do ano passado e de média. Ainda de acordo com os números do USDA, apenas 8% dos campos estão na fase de embonecamento do milho, contra 34% do ano passado e 22% de média plurianual.







FONTE NOTICIAS AGRICOLAS
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br