Policial militar é preso acusado de cobrar R$ 4 mil de caminhoneiro




O soldado da Polícia Militar, Edinaldo Gonçalves Fernandes, foi preso em flagrante por uma equipe da própria instituição, acusado pelo crime de extorsão. Contra ele pesa a acusação de ter exigido indevidamente a quantia de R$ 4 mil para que não autuasse o motorista de um caminhão que transportava uma carga de madeira com irregularidades. O caso foi registrado na manhã deste sábado (29) na Rodovia Estadual Emanuel Pinheiro (MT-251), também conhecida como Estrada de Chapada.
Conforme o relato da ocorrência registrada pela 1ª Companhia Independente de Chapada dos Guimarães, o capitão Nazário, subcomandante do destacameneto recebeu a informação da própria Corregedoria da Polícia Militar infornando que uma equipe do Manso abordou um caminhão de madeira na altura do quilômetro 28 da rodovia estadual. No local, os policiais mililitares identificaram que havia irregularidade no tranporte de uma carga de madeira, mas ao invés de apreender o caminhão e a mercadoria, teriam exigido do condutor vantagem indevida para si novalor aproximado de R$ 4 mil. 
Com base na informação, o capitão Nazário acionou o tenente Cabral, comandante da 1ª Companhia da PM e outros oficiais para apurar os fatos. Consta ainda no registro da PM, que os militares saíram para acompanhar a situação e constataram a veracidade da denúncia. Dessa forma, fizeram a prisão do soltado Edinaldo Fernandes em flagrante pelo crime de extorsão. 
Por enquanto a Polícia Militar não emitiu qualquer comunicado oficial sobre a situação e nem informou para qual local o soldado preso foi encaminhado. 
FONTE: FOLHAMAX

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br