Mercado do boi gordo pressionado





Algumas indústrias que estavam fora das compras no início desta semana aproveitaram o momento para pressionar o mercado para baixo. 

No fechamento da última terça-feira (28/5), as cotações caíram em dez das trinta e duas praças pecuárias pesquisadas pela Scot Consultoria. 

A maior queda foi em Goiânia-GO, a desvalorização foi de 1,4% na comparação dia a dia. Na região, a melhor oferta de boiadas abriu espaço para que as indústrias pressionassem negativamente o preço da arroba.

Em Mato Grosso do Sul, a queda foi de 0,7% tanto em Campo Grande quanto em Três Lagoas. As programações de abate atendem, em média, até o final da semana que vem.

A única alta foi no Noroeste do Paraná, onde a oferta de boiadas iniciou a semana restrita e isso refletiu em alta de 0,3% nos preços.

Em São Paulo a cotação do boi ficou estável frente ao último fechamento e as escalas de abate paulistas estão por volta de quatro dias.







FONTE SCOTCONSULTORIA

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br