Soja despenca na Bolsa de Chicago





O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na terça-feira (16.04) baixa de 10,75 pontos no contrato de Maio/19, fechando em US$ 8,88 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 10,00 a 10,75 pontos.
Os principais contratos futuros despencaram no mercado norte-americano, por falta de definição do acordo EUA/China e altos estoques finais. “O conselheiro da Casa Branca Larry Kudlow indicou que estão fazendo um bom progresso com China, mas a falta de avanço visível está deixando o mercado cansado e descrente. O certo, até agora, é que há um grande saldo de estoques finais da safra atual (24,78 MT, contra 11,92MT da safra anterior)”, aponta o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica.
A Consultoria AgResource aponta que, após o fechamento do mercado em Chicago, o USDA publicou seu primeiro relatório de Progresso de Safra, que trouxe um avanço do plantio norte-americano: “O Departamento estima que 2% da safra de milho no país já foi semeada até este último domingo, 14, contra 5% da média dos últimos 5 anos, no mesmo período. Além do mais, o trigo de primavera também atingiu os 2%, contra 13% de média”. 
A ARC alerta que, apesar do ritmo semanal se mostrar atrás da média multianual, ainda é muito prematuro a preocupação com o progresso de plantio latente. “Entretanto, problemas climáticos (chuvas e neve excessivas) continuam impedindo o avanço dos trabalhos de campo, e atrasos poderão ser empilhados, nas próximas semanas. A ARC irá começar seu tour de safra anual pelo Cinturão Agrícola em breve. Clientes de consultoria, fiquem atentos às atualizações”, concluem os analistas da AgResource.





FONTE AGROLINK

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br