Soja sobe pelo 2º dia no Brasil





Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (28.03) com preços médios da soja subindo 0,70% sobre rodas nos portos, a R$ 79,03/saca, mas em queda de 0,37% no interior, a R$ 73,45/saca. 
O que houve? “Houve que os preços não são fixados pelo fechamento, mas pelo que ocorre durante o pregão da Bolsa de Chicago o preço esteve 4 pontos de alta, o que realmente é pouco, mas o dólar ultrapassou um pouco os R$ 4,00 durante o pregão do dia, permitindo fechamentos a preços positivos um pouco mais elevados do que o dia anterior”, aponta o analista de mercado Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica.
Calcula-se que houve fechamentos de mais de 300 mil toneladas em todo o país. “Chicago poderia ter contribuído mais para que o preço conseguisse chegar aos oitenta reais no porto, mas a divulgação de uma conceituada consultoria de que a produção brasileira desta safra não seria de 116MT, mas de 118MT (é a mais otimista das estimativas de há no mercado) limitou um pouco a alta de Chicago. No mercado interno, os problemas de venda de subprodutos, farelo e óleo, fizeram os preços fechar em queda”, conclui Pacheco.
SAFRA
De acordo com a Agroconsult, A safra de soja 2018/19 do Brasil deve alcançar 118 milhões de toneladas. Em fase final de colheita, os sojicultores estão comemorando um aumento, ante os 116,4 milhões previstos em fevereiro, diante de bons rendimentos em certas áreas colhidas tardiamente, sobretudo Rio Grande do Sul e Matopiba. 


fonte agrolink

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br