Área do algodão cresce 19% em 2018/2019




A área de algodão para a safra 2018/2019 do Brasil cresceu 19% em relação ao último ciclo, chegando a registrar um total de 1,4 milhão de hectares. De acordo com um relatório produzido pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), o principal motivo para o aumento dessa área são a elevação dos preços e também a alta demanda de exportação. 


“Os preços do algodão, em particular os preços de exportação FOB, são o principal fator por trás da decisão dos produtores de acelerar a expansão da área de plantio de algodão. O rendimento está previsto para permanecer um pouco acima de 1700 kg por hectare (kg / ha). Como tal, a produção total deverá aumentar em 19 por cento, para 11 milhões de fardos, o equivalente a 2,4 milhões de toneladas”, diz o texto. 
Nesse cenário, o relatório explica que a cultura do algodão no Brasil é planejada em pelo menos um ano e até dois anos, com base na demanda projetada e até certo ponto nas vendas futuras. “Por exemplo, segundo estatísticas do governo brasileiro, no estado de Mato Grosso, quase 70% da safra de algodão de 2018/2019 já está sob contrato apesar do fato de que a maior parte do plantio de algodão não terá início em janeiro de 2019”, explica o USDA. 
“Além da expectativa de demanda futura, os produtores confiam nos retornos de cada safra para reinvestir na próxima safra. O custo de produção do algodão por hectare no Mato Grosso é cerca de três vezes maior que o da soja. Devido ao alto investimento inicial, sem bons retornos que são fortemente baseados no desempenho das exportações, muitos produtores simplesmente não têm meios para investir tanto na safra seguinte”, completa.




FONTE AGROLINK


    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br