Polícia Federal prende dois em Sorriso por fraude em regularização e compra de terra da União






A PF (Polícia Federal) cumpre 42 mandados judiciais nesta quarta-feira (19) em seis Estados e no Distrito Federal em uma operação para apurar fraudes contra a Receita Federal. De acordo com a PF, a quadrilha realizava compensações de créditos tributários irregulares, utilizando créditos “fantasmas” para quitar dívidas de empresas com o Fisco por meio de um software.
A operação foi batizada de Java. Ao todo, a Justiça Federal expediu 12 mandados de prisão temporária, 12 de condução coercitiva e 18 de busca e apreensão em São Paulo, Bahia, Goiás, Pará, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Distrito Federal.
De acordo com a PF, um grupo de empresas adquiria créditos fantasmas para conseguir quitar os débitos fiscais, pagando valores inferiores aos que deviam. Os policiais apontam que as empresas adquiriam esses créditos para aparentar regularidade com a Fazenda e participar de licitações públicas. O número de empresas investigadas não foi informado.
“Esse tipo de compensação fraudulenta foi responsável pela redução na arrecadação federal do mês de agosto deste ano, o que demonstra o potencial de dano da quadrilha”, informou a PF. O programa usado pelo grupo era o “Pedido Eletrônico de Restituição, Ressarcimento ou Reembolso e Declaração de Compensação”. (AG) 





fonte so noticias


    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br