Falta boi e preço sobe





A expectativa era de que os preços do boi perdessem força à medida que o fim do mês se aproxima, mas indo na contramão, o mercado fechou está quarta-feira (19/9) com mais um dia de valorizações.

A oferta restrita não deu tranquilidade para os frigoríficos comprarem boiadas, com isso, a alta nas cotações atingiu 14 das 32 praças levantadas.

Em São Paulo a arroba passou a barreira dos R$150,00 à vista, livre de Funrural, e o boi gordo tem sido negociado, em média, a R$150,50/@ no estado, também à vista e livre do imposto. É uma alta de 3,1% desde o início do mês.

Em Mato Grosso do Sul a disponibilidade de animais prontos para o abate está mais crítica e por lá as valorizações são recorrentes. Na região de Três Lagoas, por exemplo, o boi gordo está custando 4,0% mais do que valia há duas semanas.

No vizinho Mato Grosso, o mercado comprador está menos pressionado, pois a oferta de animais na região tem sido suficiente para compor as escalas de abate sem muita necessidade de aumentar as ofertas de compra, principalmente nas regiões ao redor de Alta Floresta e Juara.

No estado, a exceção fica por conta da zona em torno de Confresa e Vila Rica, nestas áreas a oferta está apertada e o boi gordo está sendo negociado por preços acima da referência.




fonte scot consultoria

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br