Mais de 90% do milho exportado é de Mato Grosso; ritmo de escoamento é menor






A Secex – Secretaria de Comércio Exterior- registrou que, mês passado, começaram as exportações da safra 2017/18 de milho no Brasil, apresentando 1,17 milhão de toneladas.  92,7% deste total é do milho que foi produzido em Mato Grosso. Este volume “traz atenção ao ritmo do escoamento do cereal no país, visto que está 49,6% abaixo em relação ao mesmo período do ano passado. Além do recuo da produção nacional neste ano-safra, os principais motivos para o baixo ritmo nas saídas foram os atrasos na colheita em grande parte dos estados e a imprevisibilidade quanto a o frete rodoviário, que acabaram por estender a janela de exportação da soja”, analisa o IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária- em boletim divulgado ontem à tarde.
“Outro fator que também tem pesado nessa conta é a estiagem no rio Madeira, que prejudicou as navegações por Porto Velho. Analisando os fluxos dos line-ups portuários para exportação de milho, a situação parece se manter no próximo mês, visto que os volumes registrados continuam significativamente abaixo aos dos anos anteriores”, acrescenta o instituto.
A colheita da safra atual em Mato Grosso está praticamente na reta final e atingiu 95,93% das áreas, exibindo
um avanço semanal de 6,21 pontos percentuais.
Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br