Confinamento incerto diminui a procura por boi magro





O cenário no mercado de reposição é de lentidão. 

O mercado do boi gordo pressionado não estimula a compra de animais de reposição.

O início do mês trouxe a expectativa de firmeza no mercado do boi gordo apoiado pela melhoria no consumo somada a recomposição dos estoques de carne depois da greve dos caminhoneiros. Somente a corrida para normalizar os estoques é que ocorreu.

Com isso, recriadores e invernistas se afastaram dos negócios com reposição.

No balanço geral, na média de todas as categorias e estados pesquisados pela Scot Consultoria, as cotações fecharam com queda de 0,1% frente ao levantamento da última semana. Destaque para o boi magro, que registrou a maior desvalorização semanal, 0,4%. 

Sazonalmente, neste período do ano os negócios com esta categoria aumentam. Porém, as incertezas quanto ao resultado do confinamento afastaram os compradores.

Vale ressaltar que o imbróglio causado pelo tabelamento dos fretes travou o escoamento de grãos, tornando ainda mais incerto o cenário para os custos da boiada de cocho.

Enquanto o cenário não for favorável para o confinamento, as categorias mais eradas tendem a ser menos procuradas e as cotações devem sofrer pressão de baixa. 




fonte scotconsultoria

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br