Pressionada, pecuária no Norte Araguaia se desenvolve e volta a se destacar





Morador de Ribeirão Cascalheira há 14 anos, o produtor Arseli Cláudio Ortolan é ávido por tecnologia e informação. Técnico em agropecuária, formado também em engenharia florestal, ele montou seu negócio pecuário em uma fazenda de 350 hectares, dos quais 20 ha estão dedicados à integração pecuária-floresta (IPF). O projeto, piloto na região, chama a atenção dos colegas e tem sido o campo de testes do pecuarista, que conta com auxílio da Universidade Federal de Mato Grosso e de livros da Embrapa, que carrega a tiracolo, para tirar seus objetivos do papel.

Segundo ele, o Vale dos Esquecidos, como era conhecida antigamente a região do Araguaia, tem evoluído à medida em que o pecuarista acessa novos conhecimentos, como os transmitidos durante o Acrimat em Ação, e vê valor em permanecer no seu pedaço de terra. Programa itinerante da Associação dos Criadores de Mato Grosso, o Acrimat em Ação está em sua oitava edição. 




fonte agencia da noticia

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br