PM liberta caminhoneiro e prende quatro por roubo





Uma operação que se estendeu por mais de 24 horas e mobilizou dezenas de policias militares de diversas unidades da região de Pontes de Lacerda (12° Comando Regional) chegou ao final com a libertação do caminhoneiro J.B.G.,68, e quatro prisões, de dois homens e duas mulher, e a identificação de um quinto envolvido.

Os presos são: Ricardo Silva de Assis, 29, Wagner Elias de Oliveira, 36, e as suspeitas J.F., de 52 anos, e J.B.L., 32. Edinaldo Oliveira de Almeida, 30, está foragido, supostamente escondido em uma área de mata.


Contra Ricardo Silva, que no momento da prisão apresentou vários nomes falsos, entre as quais Gustavo Fernandes de Oliveira, há um mandado de prisão em aberto. Segundo apurou a PM, ele responde por roubo a banco na modalidade “Novo Cangaço”, ocorrido em 2012 no município de Nova Lacerda.

A ação começou em Conquista D’oeste (a 500 km de Cuiabá), onde, na tarde de quinta-feira (05.04), ocorreu o roubo. Na região de Nova Lacerda ocorreu o primeiro confronto, os suspeitos atiram contra uma guarnição da PM. Quilômetros depois, na BR 174, quando seguiam com o caminhão e o refém na direção a Pontes e Lacerda, os ladrões jogaram o caminhão sobre uma das viaturas causando danos, porém sem feridos.


Em outro ponto da rodovia, perto de Pontes e Lacerda, com um dos pneus do caminhão furado os suspeitos abandonaram o caminhoneiro. O motorista foi libertado ileso. Já os suspeitos se embrenharam a pé na mata.


As buscas continuaram em regiões distintas. Policiais no Núcleo de Conquista D’oeste fizeram a primeira prisão, de Wagner Elias de Oliveira. Ele tentou fugir pegando carona em um ônibus escolar que transportava alunos para uma escola indígena de Juína. Entretanto, na comunidade Santa Clara, antes de chegar na aldeia, acabou preso.


Wagner confessou que receberia R$ 8 mil por dirigir o veículo que deu cobertura ao roubo, um Fox preto. Acontece que o Fox furou o pneu e ele teve de abandoná-lo na mesma região onde foi preso, perto da Aldeia Juininha, por isso tentou fugir no ônibus escolar.


As outras três prisões, das mulheres, mãe e mulher de Edinaldo, e a de Ricardo, ocorreram em Pontes e Lacerda, em duas casas. Em uma delas policiais do 18° Batalhão apreenderam U$ 9,7 mil que seriam do Edinaldo, que ainda está foragido.


Os presos e materiais apreendidos foram entregues no plantão na Polícia Civil no Cisc de Pontes e Lacerda.

Da Assessoria

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br