Aumento do custo de produção da soja e milho em Mato Grosso







No dia 24 de abril, o Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (IMEA) divulgou o relatório semanal com o andamento das lavouras de soja e milho em Mato Grosso.

Sem alterações de produção e área em relação à semana passada, a colheita de soja no estado já pode ser considerada finalizada, com 99,9% da área colhida, até o dia 20/4.

As regiões Nordeste e Sudeste são ainda as que restam para a conclusão das operações em campo.

O IMEA divulgou o custo de produção da safra 2018/2019 de soja em Mato Grosso, referente a março. Com um crescimento de 2,2% em relação ao relatório anterior, o custo total atingiu R$3.530,65/hectare.

Ainda que 2,9% menor que o registrado na safra anterior, esta nova revisão se tornou a maior, até então, para a safra 2018/2019, puxada pelos preços de fertilizantes.

Para o milho as estimativas de produção e área também se mantiveram em relação ao relatório anterior.

Com a perspectiva de uma menor produção para a safra 2017/2018, a demanda pelo milho produzido pelos países vizinhos tende a permanecer aquecida. Neste contexto, “a rota do milho” que será inaugurada poderá facilitar a entrada do milho do Paraguai na região Sul do Brasil.

Mato Grosso, que é grande fornecedor de milho para o Sul do país, deve se atentar a este cenário, que é ainda mais agravante em função da logística nacional precária.

Com relação ao custo de produção referente a março, o custo total para o milho safrinha de alta tecnologia em Mato Grosso atingiu R$2.652,57/ha, apresentando um leve crescimento de 0,12% ante o último levantamento.

Porém, tal custo continua 5,2% abaixo do visto na safra 2017/2018.



fonte scotconsultoria
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br