Polícia indicia dois por furto e receptação de gado em Poconé





Cerca de 4 cabeças de gado furtadas de uma propriedade rural de Poconé foram recuperadas pela Polícia Judiciária Civil, nesta semana. O acusado Osmil Sueder Proença de 29 anos, foi indiciado pelo furto e Carlos Gilmar Bispo de Souza de 35 anos irá responder pelo crime de receptação.
O furto ocorreu na quinta-feira (15) da semana passada, de onde foram subtraídas as quatro novilhas. Através de diligências iniciadas na segunda-feira (19), a equipe de investigadores da Delegacia de Poconé conseguiram identificar o autor do crime, além de um outro rapaz que teria participado da ação criminosa.
De acordo com a Policia Civil, neste último domingo (18), o proprietário de uma casa de leilão em Poconé reconheceu as novilhas que estariam remarcadas e comunicou os fatos para as autoridades policiais. Diante da situação, investigadores da polícia civil deslocaram até o local e fizeram a apreensão do gado de origem suspeita.
Após diligencias os investigadores conseguiram identificar os supostos participantes da ação criminosa que foram intimados para comparecer na Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos.
O rapaz indiciado pelo crime de furto, tentou enganar os policiais dizendo que o gado seria de um tio que estaria morto há cerca de 7 meses, lembrando que as novilhas foram furtadas na semana passada.
O outro rapaz indiciado por receptação alegou que estaria apenas fazendo um frete, mas em depoimento acabou confessando que reconheceu que o gado estaria remarcado, ou seja, de origem duvidosa, mesmo assim concordou em realizar o frete.
Após prestarem depoimento, ambos foram indiciados pelo Delegado de Polícia e deverão responder ao processo em Liberdade.
Furto (Art. 155) – Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa.
Receptação (Art. 180) - Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte: Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa.





fonte poconet

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br