Mercado do boi gordo com viés de baixa






Apesar da oferta de boiadas limitada, o que ditou o rumo do mercado no primeiro mês do ano foi a baixa demanda por carne bovina.

Até o momento, nem mesmo a proximidade do início de mês e Carnaval tem feito as indústrias buscarem alongar as escalas de abate com mais afinco.

Em São Paulo, as programações de abate giram em torno de quatro dias, apesar de não ser uma escala “apertada”, seria natural que, em um cenário com boa demanda, as empresas buscassem por alongar as programações, considerando a época de início de mês e a proximidade do feriado.

Na média de todas as praças pesquisadas pela Scot Consultoria, desde o início do ano houve recuo de 2,4% da arroba do boi gordo, considerando o preço à vista, livre de Funrural.

No mercado atacadista de carne bovina com osso, o boi casado de animais castrados ficou cotado, em média, em R$8,96/kg (31/1), queda de 10,3% frente o início do mês.



FONTE SCOT CONSULTORIA

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br