Com foco na safra da Argentina, milho exibe ligeiras valorizações na manhã desta 4ª feira em Chicago








As cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram a sessão desta quarta-feira (28) com ligeiras altas. As principais posições da commodity testavam ganhos entre 0,25 e 1,00 pontos, por volta das 8h31 (horário de Brasília). O março/18 era cotado a US$ 3,71 por bushel, enquanto o maio/18 operava a US$ 3,79 por bushel.
O mercado opera em alta pelo terceiro dia consecutivo em campo positivo. E como pano de fundo segue a preocupação com a seca na Argentina e as perdas já registradas nas lavouras do cereal. A estimativa para a safra do país já foi revista para baixo, para 37 milhões de toneladas.
E, pelo menos por enquanto, as previsões climáticas não apontam para chuvas significativas no país nos próximos dias. Segundo os mapas meteorológicos, a perspectiva para os primeiros dias de março é de um acumulado de chuvas entre 5 mm a 20 mm em praticamente todo o cinturão de produção na Argentina.
Veja como fechou o mercado nesta terça-feira:
Giovanni Lorenzon

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br