Palestras alertam sojicultores sobre o perigo da Mosca Branca em lavoura de São José do Xingu







Em dia de campo promovido pela Rural Brasil na fazenda Bang Bang em São José do Xingu, estiveram presentes produtores rurais da região que ouviram os palestrantes sobre vários recursos a serem empregados no plantio da soja, o mais importante foi a palestra sobre a mosca branca que tem afetado as plantações da região a duas safras.

Para falar sobre a mosca branca estavam na reunião pessoas doutoradas no assunto como o Massaro Yokohama Engenheiro Agrônomo que veio especialmente para São José para ensinar os produtores como lidar com a infestação da mosca branca.

A mosca branca já é uma velha conhecida dos produtores, atualmente basta observar seus altos índices populacionais nas lavouras de soja, os produtores subestimam a praga achando que no começo não vai causar dano e quando percebem o tamanho do estrago já é tarde.

A maneira mais correta de agir e fazendo inspeções e monitoramento da lavoura, sempre no plantio que é feito inicialmente e buscar área próximo as matas que no momento que não temos nenhuma cultura ela vai se refugiar e quando estabelecermos novamente a lavoura elas vão atacar por que é seu alvo preferido.

A mosca branca por se alimentar da seiva das plantas pode levá-las à morte ou a diminuição da produção, especialmente quando há alta densidade populacional do inseto. Além disso, emite uma excreção rica em açúcares que serve de substrato para o desenvolvimento da fumagina, o que pode prejudicar a fotossíntese das plantas.





fonte agencia da noticias

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br