Melhoria da oferta de boiadas e demanda lenta






Os negócios com boi gordo e com carne bovina aos poucos voltam a acontecer, depois da paradeira típica do começo de janeiro. Assim o mercado vai tomando “forma”, vai adquirindo tendência.

Mas as vendas de carne estão ainda lentas. Impostos e outras obrigações financeiras deste período ocupam uma parte importante do orçamento das famílias. Isso, sazonalmente, reduz as movimentações no varejo.

Além disso, as chuvas melhoraram as pastagens e os animais terminados no capim começaram a facilitar a compra das indústrias. O resultado disso são compradores de boiadas pressionando o mercado.

Em quase todas as praças em que os preços caíram, os frigoríficos, pelo menos os menores, alinharam suas ofertas de compra ao preço de referência. As plantas com escalas mais confortáveis chegam a ofertar até R$2,00/@ a menos.

No mercado atacadista de carne bovina, queda de 1,2% nos preços do boi casado de bovinos castrados. 





fonte scotconsultoria
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br