Volume de chuva ainda é baixo em lavouras do Centro-Oeste, apontam meteorologistas





Levantamento dos meteorologistas, aponta que nos próximos dias novas áreas de instabilidade estarão se formando sobre toda a faixa central do Brasil trazendo mais chuva, mas ainda de forma irregular para as regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Aos poucos o regime de chuvas começa a se regularizar e a tendência é que daqui pra frente, conforme aponta os meteorologistas, é que não venham ocorrer mais longos períodos de estiagem que possam comprometer o desenvolvimento das lavouras.

Porém, essa irregularidade no regime de chuvas ainda causa muito apreensão para alguns produtores do Centro-Oeste, já que em suas áreas o volume de chuva ocorrido, ainda continua muito baixo e insuficiente para permitir o desenvolvimento das lavouras de grãos.

Um exemplo são as áreas produtoras de Minas Gerais, que ainda não registraram chuva em bons volumes nos últimos dias, ao ponto de elevar os níveis de umidade do solo, garantindo boas condições ao desenvolvimento das lavouras de café, cana de açúcar e grãos. O mesmo vem ocorrendo com algumas microrregiões de Goiás e do Mato Grosso.

Infelizmente, esse excesso de chuva no Sul do Brasil, atrapalha e causa danos significativos e irreversíveis para a cultura do arroz e trigo.



FONTE CENARIO MT

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br