Nível do Rio Acre atinge 1,65 metro e não há previsão segura de melhoras até o fim de outubro, diz major




De acordo com o major, o rio amanheceu com a cota de 1,65 metro nesta manhã e não é possível realizar uma previsão segura de melhora, já que as cabeceiras que abastecem o manancial também se encontram em situações críticas de seca.
A situação de emergência nos municípios de Rio Branco, Porto Acre e Brasileia foi reconhecida pelo Ministério da Integração, que viabilizou o repasse de R$ 420 mil para o enfrentamento das situações mais críticas nas cidades acreanas. A Capital utilizará parte do montante para auxiliar o município do Bujari, que não declarou situação de emergência, mas também sofre com problemas de abastecimento por ser vizinha de Rio Branco.
O major fez questão de ressaltar o tamanho do problema enfrentado pelo Acre nos dias atuais comparando a situação com a de anos anteriores. “Em outros anos, nesta mesma época já teríamos o nível do Rio Acre marcando pelo menos dois metros de profundidade. Com a marca em 1,65m e sem previsão de melhoras para os próximos dias, é extremamente importante a conscientização da população para evitar o desperdício de água”, disse.



fonte cotrilnet

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br