Patrão diz que não teve intenção de atropelar funcionário



CANARANA – No dia 06 de setembro, Cleosmar Soares Menezes, 32 anos, morreu após ser atropelado por seu patrão, Joaquim Marques da Silva, de 52 anos, na fazenda Dois Goianos, zona rural do município, às margens da MT-020. O fato aconteceu após uma briga entre os dois na sede da fazenda. O patrão teria pego a caminhonete para vir a cidade e o funcionário pegou sua bicicleta. Conforme uma testemunha, que também é funcionário, o atropelamento foi proposital. A vítima foi socorrida com vida, mas não resistiu, chegando ao Hospital Municipal em óbito.
Joaquim Marques da Silva se apresentou na presença de seu advogado na Polícia Civil no dia 08 de setembro. Por já ter passado flagrante, ele responderá em liberdade. Conforme informações que o J. O Pioneiro teve acesso, ele falou em seu depoimento ao investigador Valdivino Vital, que perdeu o controle do veículo e atropelou sem intenção o funcionário. “A intenção do delegado de polícia e colher mais elementos, mais depoimentos e posteriormente fazer uma reprodução simulada contando com a equipe da Politec… Vamos trabalhar com muito profissionalismo para que a gente chegue o mais próximo possível da verdade”, disse Valdivino.


JORNAL O PIONEIRO
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br