Boi gordo: pressão de baixa perde força





Mesmo ontem sendo uma segunda-feira (25/9), dia típico de baixa movimentação, já se observou no mercado indústrias ofertando preços maiores pela matéria-prima.

Com isso, das trinta e duas praças pesquisadas pela Scot Consultoria, houve alta em cinco, considerando o preço a prazo. A exceção ficou por conta do Rio Grande do Sul onde a oferta de boiadas é maior.

Em São Paulo, parte dos frigoríficos iniciou o dia fora das compras, aguardando uma melhor leitura de como o mercado irá se comportar.

No estado, vale ressaltar que as programações das indústrias giram em torno de quatro a cinco dias, o que limita às empresas a seguirem com a estratégia de pressão de baixa mais intensa.

De maneira geral, mesmo com a demanda patinando a oferta de animais terminados é baixa, o que pode mudar o comportamento dos preços, principalmente com o início do mês se aproximando, época em que sazonalmente há uma melhora por parte da demanda.


fonte scot consultoria

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br