Operação resgata 4 trabalhadores em situação análoga à escravidão em São Félix do Araguaia



Uma operação do Ministério do Trabalho (MTE) resgatou quatro trabalhadores em situação análoga à escravidão em fazendas no município de São Félix do Araguaia. Os homens foram encontrados em um barraco improvisado com pedaços de madeira e galhos de árvores, sem energia elétrica e água encanada. A operação foi realizada entre os dias 17 e 27 de julho em parceria com o Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM), Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Polícia Federal.

Os trabalhadores foram encontrados em uma fazenda arrenda com 2,4 mil hectares, usada para o cultivo de soja e milho e tinham como função catar raízes. Todos moravam em um barraco utilizado, anteriormente, como dispensa para equipamentos, ferramentas e óleos.

A estrutura do local era improvisada com pedaços de madeira e coberta por pedaços de zinco, lonas e sacos plásticos.

As camas usadas pelos trabalhadores eram improvisadas em estruturas de madeira e pedaços de espuma. Pela ausência de banheiro, os homens eram obrigados a realizar as necessidades fisiológicas no mato. Já para o banho, eles utilizavam cacimbas.

A água utilizada para o preparo de alimentos também não era adequada. Além disso, os alimentos eram guardados e preparados em condições inadequadas.

De acordo com o MTE, os empregadores receberam 16 autos de infrações.



FONTE AGENCIA DA NOTICIA
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br