Indústria paga mais por gado terminado



Com a baixa oferta de animais observada no mercado de boi gordo nos últimos dias, frigoríficos têm aumentado os valores ofertados para conseguir competir pelos lotes disponíveis e, assim, preencher as escalas, de acordo com pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq USP).
Nesse cenário, os preços subiram em todos os segmentos na última semana. Entre 23 e 30 de agosto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo (estado de São Paulo) subiu 3,33%, para R$ 143,20 nessa quarta-feira, 30.
Fonte: Cepea
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br