Boi: Com período de entressafra, preços da arroba permanecem firmes





Alex Santos Lopes, analista da Scot Consultoria, destaca que o mercado do boi gordo começou a semana com cenário altista, devido a uma redução de oferta significativa e os frigoríficos com dificuldade para completar as escalas de abate.

Os preços estão a R$138,00/@ a vista em São Paulo, já descontado o Funrural. Negócios a prazo estão sendo feitos a R$139,50/@.

Os frigoríficos têm dificuldade de adquirir animais, além de as escalas estarem mais curtas. Há frigoríficos que encerraram a última semana pulando um a dois dias de abate.

Assim, o segundo giro começou a ficar atrativo e interessante para os produtores do ponto de vista econômico. Com isso, muitos podem ter mudado o planejamento para entrar nesse segundo giro, como avalia Lopes.

Este deve ser um segundo semestre caracterizado por uma oferta restrita e uma expectativa de confinamento menor. Por este fator, não deve haver um excesso de boi, capaz de mudar o rumo do mercado.

Na demanda, a expectativa fica pelo último trimestre do ano, tendo em vista o período de festas e o pagamento do décimo terceiro salário. Essa é, também, a variável que deve ditar os preços daqui para frente.

O mercado ainda não chegou a um teto, como avalia o analista. Contudo, há uma onda de otimismo exagerado que pode levar o pecuarista a tomar atitudes evocadas. Ele destaca que a cautela é muito importante para este segundo semestre.

Ele salienta, ainda, a importância de o pecuarista travar seus preços por meio do contrato de opções. "As oportunidades estão aí e precisam ser aproveitadas", diz.




fonte scot consultoria
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br