Arroba do boi avança de 2 a 3 reais em SP e busca novo patamar de preços com redução na oferta de animais






Gustavo Figueiredo, analista da AgroAgility, destaca que o mercado do boi gordo está ficando mais firme, com uma pressão menor em relação à semana passada e uma melhora nos preços, com frigoríficos já procurando pelos pecuaristas.
Isso indica o início de uma mudança de patamar, somada a um cenário de seca e geadas, no qual a recomposição dos preços aparece mais forte.
Na semana passada, os preços giravam em torno de R$125/@ a R$127/@, enquanto o JBS trabalhava de R$132/@ a R$134/@ a prazo. Nesta semana, R$127/@ já virou o valor mínimo e há rumores de negócios de R$130/@, enquanto o JBS tem preços de R$135/@. Todas as referências ainda contam com o Funrural a descontar.
Ainda não tem demanda interna envolvida, já que julho é um pior mês para o consumo interno, aliado ao cenário de crise. O que ajudou foram as exportações, com 106 mil toneladas reportadas até o momento para o mês.
A desvalorização da arroba frente ao dólar auxiliou neste cenário das exportações. O retorno do dólar para outros patamares, entretanto, ainda deixa a carne bovina brasileira competitiva, mas tudo irá depender da valorização da arroba daqui em diante.
Figueiredo destaca que se a alta do físico for maior do que é esperado, não se sabe o tamanho do buraco negro da oferta nos próximos dias, o que pode ocasionar em altas consideráveis dia após dia.
Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br