Boa oferta mantém viés de baixa no mercado do boi gordo





Com a entrada da segunda quinzena do mês, os preços dos bovinos terminados continuam pressionados negativamente.

A oferta ainda boa de lotes de boiadas de pasto colabora com esse cenário, observado na maioria das regiões pesquisadas pela Scot Consultoria.

Em São Paulo, as indústrias têm conseguido manter as programações de abate entre cinco e seis dias com certa tranquilidade. Como a tendência é de que não ocorra melhora significativa na demanda em curtíssimo prazo, o viés de baixa deve se manter.

No estado, a arroba do macho terminado ficou cotada, em média, em R$124,00 (18/7), à vista, livre de Funrural, queda de 2,4% desde o início do mês.

No mercado atacadista de carne bovina com osso os preços estão estáveis e o boi casado de animais castrados está cotado, em média, em R$8,22/kg.

Vale ressaltar o período do mês, quando sazonalmente há uma demanda menor, o que pode diminuir o espaço para retomada da firmeza, mesmo diante de margens historicamente altas.

https://www.scotconsultoria.com.br/bancoImagensUP/170403-news-noticias-1.jpg 

FONTE SCOT CONSULTORIA

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br