PM desarticula quadrilha especializada em roubo de gado que agia na região do Vale do Jamari





A Polícia Militar do Município de Cujubim deflagrou na manhã desta quinta-feira 08/07, a Operação Vaca Magra. Através de uma denúncia que dava conta que algumas cabeças de gado furtadas estavam em uma propriedade na Linha 12, os Militares se deslocaram até este sítio, onde em contato com o proprietário, o mesmo relatou que comprou o gado e que teria pagado R$ 1.000,00 em cada cabeça, totalizando R$ 14.000,00 em todas. A vítima reconheceu o gado como sendo de sua propriedade. Ao ser indagado de quem teria comprado os animais, o infrator relatou que não sabia. Na residência do elemento, foram encontradas uma pistola, dois carregadores e 17 munições calibre 765, uma espingarda, 12 munições, 6 cartuchos de plástico, 3 cartuchos de metal calibre 28, materiais para recarregar cartucho, espoleta, chumbo, pólvora e secador, uma serra circular, uma máquina de pulverizar, um motosserra, uma caixa de ferramentas e uma motocicleta da marca Honda, modelo XRE de cor vermelha, com número do chassi e do motor raspados e com placa de uma moto Pop 100. Novamente foi perguntado de quem teria comprado o gato, neste momento, o infrator relatou que seria de seu tio que mora em Cujubim. Os Militares foram até o endereço do tio do elemento, sendo que com a autorização da esposa, foi feita revista na residência e encontrado uma máquina de pulverizar e 3 cartuchos calibre 16. Durante a revista na residência do elemento que estava com o gado, compareceu no local, um senhor relatando que sua residência havia sido furtada e que haviam sido subtraídos uma pistola 765, um motosserra, uma máquina de pulverizar, 13 bolas de arame, 1 serra circular, 1 revólver calibre 38, 1 maleta de chave, 1 robusta, 100 litros de gasolina e caixas de óleo. Sendo que, a maioria desses objetos furtados, foram recuperados nas residências dos elementos. Ao ser indagado quanto ao restante do gado furtado, o infrator alegou que no dia em que chegaram, 3 cabeças morreram e que seu sobrinho havia vendidos o restante do gado. O tio do elemento assumiu que juntamente com o sobrinho havia realizado o furto, e que os objetos furtados que não haviam sido encontrados seu sobrinho havia escondido próximo de sua residência. Os Militares juntamente com a dupla de criminosos foram até o local, onde recuperaram o restante dos bens furtados. Diante do exposto, os objetos, as armas e os elementos, foram apresentados na 1ª Delegacia Geral de Polícia Civil de Ariquemes, onde foi registrado o Boletim de Ocorrência Policial (BOP), sob n°90768/2017, para que posteriormente, os bens e o gado sejam devolvidos aos seus proprietários. 



fonte ariquemes190

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br