Garimpeiros invadem e ateiam fogo em quartel da PM no Garimpo Bom Futuro



Um grupo de garimpeiros invadiu na noite da quarta-feira (21), e atearam fogo no Quartel da PM no Garimpo Bom Futuro, que fica na zona rural de Monte Negro e Ariquemes. Toda base da PM que é de madeira foi destruída pelo fogo. Um reforço policial foi enviado ao local para controlar a situação.

Segundo informações, a confusão teve inicio após um dos garimpeiros ser preso pela PM por furto. Companheiros do suspeito não aceitaram a prisão e iniciaram a confusão que terminou com o quartel invadido e incendiado. Todo a infraestrutura, assim como bens pessoais de militares foram queimados.

A Polícia trabalha para identificar e prender os acusados de participar do ato de vandalismo.

Nota de Repúdio

O deputado estadual Jesuino Boabaid emitiu na noite da quarta-feira, uma nota de repúdio contra a ação dos garimpeiros.

Veja a nota abaixo:

NOTA DE REPÚDIO: deputado Jesuíno critica ataque de garimpeiros ao quartel da PM

Na noite desta quarta-feira (21) o deputado estadual Jesuíno Boabaid (PMN) criticou, duramente, o ataque promovido por garimpeiros ao quartel da Polícia Militar em Bom Futuro, Distrito de Ariquemes. Ainda não há informações concretas sobre o motivo que levou os garimpeiros a entrar em confronto com os policiais e incendiar o quartel.

Como Presidente da Comissão de Segurança Pública na Assembleia Legislativa, Jesuíno Boabaid condenou o ato criminoso praticado pelos garimpeiros e pediu para que a Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) tome providências em caráter de urgência. "Não apenas a Sesdec, mas o Comando da Polícia Militar deve intervir nessa situação, coibindo novos atos e responsabilizando os que promoveram tal atrocidade" comentou o parlamentar.

O deputado entrou em contato com o chefe da Casa Civil, Secretário Emerson Castro, sendo informado que o Grupo de Operações Especiais já havia se deslocado para o local, juntamente com membros da polícia científica para colher provas e tentar chegar aos autores.

Finalizando, Boabaid disse: "isso é uma afronta ao próprio estado democrático de direito. É inaceitável esse tipo de ação" concluiu.

Fonte:Rondoniavip
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br