Maggi e Novacki retirados às pressas de Ministério da Agricultura após incêndio



 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que tem Blairo Maggi (PP) como ministro, foi depredado e teve de ser esvaziado às pressas após um grupo de manifestantes invadir o local e colocar fogo na área interna do prédio. A ação faz parte da manifestação que acontece em Brasília (DF), na tarde desta quarta-feira (24). A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) confirmou uma pessoa ferida por disparo de arma de fogo.

O secretário Executivo do Mapa, Eumar Novacki, confirmou em entrevista ao Olhar Direto que ele e o ministro Blairo Maggi estavam no prédio no momento do ocorrido: “De fato, botaram fogo em um sofá que ficava no térreo do elevador privativo. A situação está sob controle, a tropa da polícia já chegou. Eu e o ministro estamos deixando o prédio pelo anexo e liberamos todos os servidores. Apenas a equipe de segurança e logística é que permanecerá”.
 
Novacki ainda ressalta que os manifestantes “só acessaram a parte privativa. Não subiram ao auditório. Quebraram aquela galeria de fotos dos ex-ministros, mas apenas isto. Nosso pessoal fez uma contenção e não permitiu que eles subissem”. 

Além do Mapa, pelo menos outros cinco prédios dos órgãos ministeriais foram alvos de vandalismo na tarde de hoje, são eles: Planejamento, Cultura, Fazenda, Transportes e Minas e Energia. Um incêndio, que teria sido provocado por manifestantes, foi registrado na área interna do Mapa, que teve de ser evacuado às pressas.
 
O fogo ainda é intenso dentro do ministério. Pastas e documentos foram retirados dos prédios e estão espalhados pelo local. Um confronto próximo ao Mapa impede a chegada de bombeiros para controlar incêndio na área interna do prédio. A assessoria do órgão informou que não há registro de feridos e que o fogo está localizado no auditório localizado no térreo do prédio.
 
Um boletim da Secretaria de Segurança do Distrito Federal informou que 35 mil manifestantes ocupam a Esplanada dos Ministérios neste momento: "Quatro pessoas foram detidas pelos policiais, sendo três delas por porte de entorpecentes e porte de arma branca. Todos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Especializada (DPE)", diz o texto.


FONTE POCONET
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br