Maggi diz que esperava que novos casos viriam à tona depois da Carne Fraca





Em comunicado divulgado na tarde desta terça (16/5), o ministro interino da Agricultura, Pecuária Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, afirmou que todos os servidores envolvidos nas operações deflagradas pela Polícia Federal (PF) foram afastados preventivamente por 60 dias e os que tinham cargo de comissão, exonerados. A PF anunciou duas operações na manhã de terça – a Operação Lucas, que investiga corrupção de servidores em benefícios de laticínios e frigoríficos e a Operação Fugu, que se concentrou em Santa Catarina e investiga fraudes em empresas de pescados.
No caso dessa última operação, inclusive, o Mapa informou que colaborou com as investigações durante 9 meses. Técnicos do órgão participaram da operação e houve também o envio de amostras de produtos que foram analisadas pelos laboratórios do Mapa (Lanagro) no Pará.
O ministro Blairo Maggi, que está em missão no exterior, também se manifestou nas redes sociais em relação às operações policiais. Ele disse que está acompanhando os casos pela imprensa e que o Mapa está tomando providências.
Leia a notícia na íntegra no site Revista Globo Rural.
Tags:
 
Fonte: Revista Globo Rural

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br