Grupo dono da JBS põe empresas à venda






O grupo que controla a JBS já começou a negociar a venda de ativos, movimento iniciado alguns meses antes do vazamento da delação premiada de Joesley Batista e que deve se intensificar nas próximas semanas. Segundo a agência Reuters, a JBS e a família Batista contrataram o Bradesco BBI para elaborar um plano de venda de vários ativos. De acordo com fontes, uma das empresas à venda é a Vigor, fabricante de laticínios dona das marcas Itambé e Danúbio.
A Eldorado Celulose estaria no início do processo de busca de compradores. Uma das potenciais interessadas é a Fibria, sendo fontes do setor. A rival tem folga de caixa e uma unidade em Três Lagoas, mesma cidade que abriga a fábrica da Eldorado. Especula-se que a Alpargatas, dona das Havaianas e da Osklen, poderia ir para a prateleira.
A venda de empresas deve ajudar o grupo J&F - que tem faturamento anual em torno de R$ 192 bilhões - a fazer frente às pendências financeiras que terá de resolver adiante. Além de arcar com multas e penalidades em razão do envolvimento de seus executivos em esquemas de corrupção, a principal empresa do grupo, a JBS, tem endividamento elevado e enfrentará dificuldades para administrá-lo.
Leia a notícia na íntegra no site Gazeta do Povo.
Tags:
 

    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br