Avanço da colheita e queda de preço do milho



O início da colheita da segunda safra (2016/2017) exerce pressão de baixa sobre os preços do milho no mercado interno.

Apesar de a área colhida ser próxima de 1,0% no Paraná e em Mato Grosso, a produção recorde esperada para o cereal, cerca de 62,7 milhões de toneladas na segunda safra, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), colabora com as desvalorizações.

De acordo com levantamento da Scot Consultoria, na região de Sorriso-MT, a saca de 60kg está cotada em R$13,20. Na comparação anual, houve queda de 63,8%.

Mesmo com os leilões realizados pelo governo federal, a boa safra prevista e a baixa movimentação interna e para exportação até então têm tem mantido o viés baixista no mercado.

Em curto prazo, com o avanço da colheita não estão descartadas quedas nos preços do cereal.

Para o médio e longo prazos, o mercado vai depender do comportamento do câmbio e os impactos sobre as exportações brasileiras de milho.

https://www.scotconsultoria.com.br/bancoImagensUP/170531-news-noticias-2.jpg 


FONTE SCOT CONSULTORIA
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br