Produtores e motoristas estão sofrendo com as péssimas condições da MT 437



O trecho logo após o Distrito de Santo Antônio do Fontoura que marca o fim do asfalto e inicio do trecho de terra que liga o distrito ao trevo de acesso a São José do Xingu e Santa Cruz do Xingu.

Na Quarta-feira dia (15/02) fez duas horas de sol que não ajudou muito a melhorar as condições da estrada que continua com muita lama e atoleiros, a solidariedade é o principal alento dos motoristas que tentam se ajudar para desatolar os veículos, maquinas estão no local também para ajudar a desatolar os veículos pesados.

Por esta estrada é escoada uma grande quantidade de grãos e produtos alimentícios e a triste condição de tráfego traz prejuízo e preocupação aos produtores que atrasam suas colheitas por falta de condições de transporte do grão e pecuaristas que amargam dificuldade de levar o gado de corte até o frigorifico.

A região cortada pela MT 437 tem várias fazendas com alta produção de grãos e com mais alguns dias de chuva aliada a falta de transportes vive a eminencia de amargar prejuízos e assim impactar a economia de um setor que vive a expectativa de uma super safra.



FONTE AGENCIA DA NOTICIA
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br