Fechamento do JBS acende novo sinal de alerta no setor de frigoríficos



A Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores (Assocarnes) de Mato Grosso do Sul não prevê recuperação do setor para este ano após o anúncio de fechamento da unidade do grupo JBS em Coxim, disse o presidente da Associação, João Alberto Dias. Embora, segundo a assessoria da companhia, a causa do fechamento seja por questões contratuais com o antigo dono da planta, locada pela companhia, a queda no consumo interno da carne tem gerado preocupação.
De acordo com ele, o consumo de carne bovina em todo o País recuou uma média de 15% a até 20% no ano passado. O motivo está relacionado, principalmente, à queda do poder aquisitivo da população brasileira. Com a alta na inflação e aumento no número de desempregados, as famílias estão migrando para outras proteínas de origem animal, como o frango e suínos.
“Essa queda é preocupante para o setor, sinaliza que 2017 não vai ser melhor que em 2016. Tudo está interligado à economia nacional e ao poder de compra da população, que indica que será apertado neste ano também. Todas as análises estão prevendo melhora somente a partir de 2018”.
Fonte: Jornal Correio do Estado, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br